Entre em contato com o blog Paiçandu Avante - Email: avantepaicandu@gmail.com



quarta-feira, 27 de julho de 2016

Paraná sai na frente - Vacinação contra a dengue começa dia 13/08 em 30 cidade e Paiçandu está entre elas


O governador Beto Richa lançou nesta terça-feira (26) a campanha de vacinação contra a dengue no Paraná e anunciou que 500 mil pessoas serão imunizadas nos 30 municípios com maior circulação viral da doença. A vacinação começa dia 13 de agosto. O Paraná é o primeiro das Américas a fazer uma campanha pública contra a dengue. O Governo do Estado investirá R$ 50 milhões na aquisição da vacina.

Na solenidade, realizada em Paranaguá, com a presença do ministro da Saúde, Ricardo Barros, o governador assinou protocolo com a empresa francesa fabricante da vacina, a Sanofi Pasteur, para a aquisição das 500 mil doses. Já no lançamento da campanha, dez pessoas foram vacinadas.

A meta é vacinar pelo menos 80% do público alvo. No Dia D da campanha, em 13 de agosto (sábado), os postos de saúde ficarão abertos durante todo o dia. A campanha segue por três semanas, até 31 de agosto, nas Unidades Básicas de Saúde dos municípios contemplados.

“Lançamos a primeira campanha pública de vacinação contra a dengue das Américas, graças ao esforço da nossa Secretaria da Saúde, que tem demonstrado muita competência e qualificação em suas ações. Além da vacina, lançamos também testes multiplex para diagnóstico da dengue, zika e chikungunya”, disse o governador.

A previsão é que a vacina seja aplicada em três doses, com um intervalo de seis meses entre cada aplicação. Além desta primeira etapa, em agosto, haverá ainda novas campanhas em fevereiro de 2017 e agosto de 2017. Segundo o governador, a vacinação deste ano terá impacto efetivo no próximo verão, visto que a primeira dose já concede proteção à doença, evitando assim novas epidemias. “Temos ações concretas que vão ao encontro do interesse da nossa população. Investimos aqui R$ 50 milhões para aquisição dessas doses, mas é importante destacar os prejuízos diretos e indiretos gerados pela dengue. Foram mais de R$ 330 milhões de prejuízo com a epidemia, com mobilização do Estado para atender as famílias atingidas, pessoas hospitalizadas e compra de equipamentos, além do impacto indireto na economia afastando turistas e pessoas que deixaram de trabalhar. Não é gasto, é um investimento que fazemos na saúde pública para proteger nossa população”, afirmou Richa.

O governador destacou que o Paraná tem capacidade técnica e infraestrutura adequada para incorporar uma vacina nova no sistema público. "Somos um dos melhores sistemas públicos de saúde do País e nossas campanhas de vacinação alcançam as melhores coberturas. Tudo isso nos credencia a inovar para avançar no controle da doença no Estado".

DIFERENCIADA – O ministro Ricardo Barros enalteceu a decisão do Governo do Paraná. “O Governo do Paraná inicia a vacinação, com seus próprios recursos, o que certamente protegerá a população do Estado de forma diferenciada”, afirmou Barros. Ele explicou que, por enquanto, não há previsão orçamentária e nem autorização da Comissão Nacional de Incorporação de Novas Tecnologias para o SUS (Conitec) para incorporação da vacina pelo Ministério da Saúde. “Combater o mosquito Aedes aegypti é prioridade do Ministério. A população que não descanse no combate ao mosquito, que transmite outras doenças, além da dengue”, afirmou ele.

AUMENTOU TRÊS VEZES – A decisão de vacinar a população é uma estratégia a mais para controlar a dengue no Paraná e não substitui os cuidados necessários para o combate ao mosquito Aedes aegypti. O repasse de recursos do Governo do Estado para o controle do mosquito transmissor da dengue já atingiu mais de R$ 120 milhões, sem, no entanto, evitar novas epidemias da doença.

A incidência de dengue no Paraná aumentou três vezes de 2013 a 2015. Em relação ao último período epidemiológico (agosto de 2015 a julho de 2016), o número de casos de dengue cresceu 55%. Mais de 80% da população do Estado, cerca de 9 milhões de pessoas, vive em áreas com circulação viral.

"Com a incorporação da vacina em municípios epidêmicos, será possível diminuir a circulação viral de dengue no Estado, protegendo indiretamente também as pessoas não imunizadas", explica o secretário de Estado da Saúde em exercício, Sezifredo Paz.

O vice-presidente da Sanofi Pasteur, Guillaume Leroy, garantiu que a vacina é segura e eficaz. "Tivemos 20 anos de pesquisa com um conjunto robusto de estudos que mostram que a vacina Dengvaxia proporciona proteção de 93% contra a dengue grave e reduz em 80% as internações pela doença. É uma ferramenta testada e com efetividade comprovada", relatou.

Ele explicou que para o desenvolvimento da vacina e comprovação de sua segurança e eficácia, a empresa trabalhou com 40 mil pacientes, em dez países, incluindo o Brasil. “A Sanofi tem visão de interesse público para essa vacina. Implantamos uma planta de produção nova na França. Hoje temos vários milhões de doses disponíveis”, informou.

Mais informações clique: AQUI

27 de julho

27 de julho é o 209.º dia do ano no calendário gregoriano . Faltam 157 para acabar o ano.

Datas comemorativas
Dia Nacional do Motociclista
Dia Nacional de Ação Voluntária
Dia da Pediatria
Dia Nacional da Prevenção de Acidentes de Trabalho
Dia do Despachante

Fatos e eventos históricos
1921 - Os cientistas Banting e Best conseguem isolar a insulina, hormônio secretado pelo pâncreas. Esta descoberta possibilitou o controle do diabetes, uma doença até então mortal.
1958 - Criada a NASA por lei assinada pelo então presidente norte-americano D. Eisenhower.
1990 - Quarenta e dois militares são fuzilados na Nigéria por tentativa de golpe de Estado.
2001 - Durante um show aéreo na Ucrânia, um jato supersônico Sukhoi-27 caiu e explodiu, matando 85 pessoas.

Santo do dia
São Pantaleão, realizava milagrosas curas em nome de Jesus Cristo

terça-feira, 26 de julho de 2016

Homem de 49 anos não resiste após beber 4 litros de alcool combustível

Um cidadão de Iguatemi acabou bebendo alcool combustível, aquele mesmo de posto utilizado para automóveis o etanol, o homem  de 49 anos morreu na tarde do ultimo sábado (23) por complicações devido à ingestão da substância.

Como consta em reportagem produzida por Roberto Silva de O Diário o caso foi registrado na 9ª Subdivisão Policial de Maringá pela filha da vítima, uma operadora de máquinas de 24 anos.
No relato à Polícia Civil , a moça disse que o pai ­ teria ingerido entre três e quatro litros  na tarde de quinta­ feira dia 21.

Logo em seguida, entrou em confusão mental e passou a sofrer convulsões e alterações cardíacas.
Internada na mesma noite na Unidade de Terapia Intensiva  do Hospital Universitário, a vítima não resistiu e morreu em decorrência de choque séptico e insuficiência renal aguda.



Nem Dilma, nem Temer: povo quer mesmo é novas eleições aponta pesquisa confiável

Pesquisa aponta que a maior parte dos brasileiros prefere novas eleições a deixar Dilma ou Temer no poder

Matéria da BBC Fonte noticias.terra.com.br

A maioria da população brasileira acredita que a convocação de nova eleição presidencial é "o melhor para o país" - ou seja, não quer nem a presidente afastada Dilma Rousseff nem o presidente interino Michel Temer no comando do governo federal.
Segundo pesquisa da consultoria Ipsos, à qual a BBC Brasil teve acesso em primeira mão, 52% dos entrevistados apoiam a convocação de um pleito antecipado para outubro, quando já ocorrem as eleições para prefeitos e vereadores em todo o país.
O percentual de 52% que prefere essa saída para a crise é a soma de dois grupos: 38% que dizem que
o melhor seria Temer ser mantido no cargo e convocar a nova disputa eleitoral, mais os 14% que preferem que Dilma volte ao Palácio do Planalto e seja ela a dar prosseguimento a nova eleição.
A Constituição brasileira estabelece que a próxima eleição para o cargo mais importante do país deve ocorrer apenas em 2018 - a antecipação das eleições, na verdade, só pode ocorrer com aprovação de ampla maioria do Congresso (três quintos dos parlamentares) ou se os cargos de Temer e Dilma ficarem vagos ao mesmo tempo ainda neste ano, por exemplo em caso de renúncia simultânea. Politicamente, é difícil que a medida seja aprovada.

Já outros 20% responderam que o melhor seria que a petista retornasse ao cargo de presidente e concluísse os quatro anos de mandato, enquanto 16% disseram preferir que seu vice fosse definitivamente empossado no comando do país. Doze por cento não souberam ou não quiseram responder.
A expectativa é de que a decisão final do Senado sobre se Dilma volta ou não à Presidência da
República saia no final de agosto. Caso ela seja condenada por crime de responsabilidade devido a supostas irregularidades na gestão das contas públicas, cenário mais provável hoje, Temer deve presidir o país até 2018.
A pesquisa, realizada entre os dias 1 e 12 de julho, ouviu 1.200 pessoas presencialmente, em 72 cidades do país. Sua margem de erro é de três pontos percentuais.
"Isso (o apoio à eleição antecipada) ocorre porque a opinião pública queria a saída de Dilma Rousseff, mas não necessariamente a entrada de Michel Temer", nota Danilo Cersosimo, diretor da Ipsos Public Affairs e responsável pela pesquisa.
Segundo ele, o levantamento de maio, antes do afastamento de Dilma, já apontava que a maior preocupação do brasileiro com a troca de presidente era permanecer tudo como está. "E é esta a percepção da opinião pública no momento", afirma.

Polêmica da Pesquisa Data Folha

Nos últimos dias, uma pesquisa sobre esses mesmo tema, realizada pelo instituto Datafolha, empresa do jornal Folha de S.Paulo, gerou forte controvérsia e acusações de "fraude jornalística" ao grupo.

O jornal publicou no dia 16 de julho que, ao serem questionados sobre "o que é melhor para o país", 50% dos entrevistados disseram preferir que Temer continue presidente, enquanto 34% responderam querer a volta de Dilma. Segundo a reportagem, apenas 3% apoiaram a realização de novas eleições.

O dado chamou atenção pois indicava uma queda brusca em relação a resultados anteriores do instituto, que apontavam apoio da maioria da população ao pleito antecipado.

No entanto, revelou-se, ao longo da semana, que na verdade a pergunta feita pelo Datafolha não questionava genericamente o que seria melhor para o Brasil, mas indicava apenas duas opções: "Na sua opinião, o que seria melhor para o país: que Dilma voltasse à Presidência ou que Michel Temer continuasse no mandato até 2018?", perguntou o instituto.

Além disso, foi descoberto também que a pesquisa fez uma outra pergunta diretamente sobre apoio a eleições antecipadas e 62% responderam querer que Dilma e Temer renunciem para que o novo pleito possa ser realizado. No entanto, a Folha não noticiou essa informação inicialmente.
"O resultado da questão sobre a dupla renúncia de Dilma e Temer não nos pareceu especialmente noticioso, por praticamente repetir a tendência de pesquisa anterior e pela mudança no atual cenário político, em que essa possibilidade não é mais levada em conta", disse o editor-executivo da Folha, Sérgio Dávila, em texto publicado pelo jornal.
Já a ombudsman da Folha, Paula Cesarino Costa, disse que "a Folha errou e persistiu no erro".
No caso da pesquisa da Ipsos, a consultoria perguntou "Na sua opinião, o que é melhor para o Brasil?" e solicitou que o entrevistado escolhesse entre quatro opções: a volta de Dilma; a permanência de Temer; a convocação de eleições pela petista; e a convocação do pleito pelo peemedebista.
"Ao fazer a pergunta, nós demos um cartão com essas quatro alternativas para o entrevistado escolher uma resposta. Existem quatro versões do cartão, em que a ordem das alternativas muda, que são rodiziados por entrevistador para que não haja viés (no resultado)", explicou Cersosimo.

Continue lendo clicando em noticias.terra.com.br

26 de Julho

26 de julho é o 208.º dia do ano no calendário gregoriano. Faltam 158 para acabar o ano.

Datas Comemorativas
Dia Nacional dos Avós
Dia Nacional da Imprensa Espírita
Dia Nacional de Ação Voluntária
Dia da Recepcionista NO PR
Dia do Intérprete de LIBRAS Língua Brasileira de Sinais no PR
Dia Internacional de Defesa do Ecossistema Manguezal
Dia do Arqueólogo
Dia do Moedeiro

Fatos e eventos Históricos
1908 - O alemão Koppen, a bordo do carro "Protos", ganha a corrida automobilística "Ao redor do mundo", que durou cinco meses.
1933 - O governo do Reich promulga uma lei de esterilização para melhorar a raça alemã.
1942 - O bombardeio do navio brasileiro Tamandaré por um submarino alemão faz o Brasil entrar na Segunda Guerra Mundial.
1987 - Uma intensa onda de calor vinda do Saara afeta o sul da Europa, deixando mais de mil mortos.
2000 - Um juiz federal de Nova York aprova o acordo de indenização, através do qual os bancos suíços se comprometem a pagar 250 milhões de dólares
às vítimas do Holocausto.
2010 - O primeiro paciente a ser submetido a um transplante total de rosto teve alta do Hospital Vall d’Hebron, de Barcelona. Oscar teve transplantada toda a pele e músculos do rosto, nariz, lábios e 
maxilar superior, além de todos os dentes, os ossos da maçã do rosto e da mandíbula.

Santos do Dia
Dia de Santa Ana, mãe de Maria.
Dia de São Joaquim, pai de Maria.



segunda-feira, 25 de julho de 2016

Da série "Eu sei o que vocês prometeram na eleição passada"

Pelo Facebook o eleitor Carlos Henrique Comini criou uma série; que com certeza vai ser revisada nessas eleições. Não é só para candidatos à Prefeito; exitem promessas de campanha de Vereadores também Comini, esperamos que todas tenha sido cumpridas.

"Eu sei o que vocês prometeram na eleição passada"


Testes clínicos com fosfoetanolamina começam hoje em SP


Testes clínicos com fosfoetanolamina começam nesta segunda-feira em SP Início dos testes foi anunciado na semana passada em coletiva de imprensa.

Dez pacientes receberão a substância para determinar segurança.
Carolina Dantas

Começam nesta segunda-feira (25), no Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp), os testes em humanos com fosfoetanolamina, o composto que ficou conhecido como "pílula do câncer". O anúncio do início dos testes foi feito na semana passada.
Nesta fase inicial, a substância será avaliada em 10 pacientes para determinar a segurança da dose. Se a droga não apresentar efeitos colaterais, a pesquisa seguirá em mais 200 pacientes - são 10 tipos de câncer diferentes incluídos nos testes, ou seja, 21 indivíduos com cada tipo da doença receberão três comprimidos da fosfoetanolamina. O anúncio foi feito pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB).

Mais em :BEM ESTAR


Ex Senador Eduardo Suplicy é detido por protestar contra reintegração de posse

O ex-senador da república e agora pré candidato a vereador pelo PT Eduardo Suplicy que está atualmente com  75anos , foi detido na manhã desta nesta segunda-feira (25) após protestar contra uma reintegração de posse em  São Paulo. Ele foi levado a força por Policiais Militares ao 75º Distrito Policial (DP), no Jardim Arpoador.

Segundo o comando da PM, ele foi detido por oferecer resistência. o ex Senador deitou-se na rua para impedir a reintegração de posse. Suplicy se deita com uma moradora na rua para impedir policiais.

Homicídio


O corpo de Bombeiros foi acionado nesta manhã de segunda feira para atendimento a uma pessoa com ferimento por arma de fogo. Os socorristas constataram morte no local. Segundo informação divulgada o homem estaria no regime semi aberto e saia para  trabalhar.

O caso ocorreu por volta das 6:00 horas da manhã na rua Alcides Domingues Ramos no Jd Bela Vista I proximidades do presídio.




25 de julho

25 de julho é o 206.º dia do ano no calendário gregoriano. Faltam 159 para acabar o ano.

Dia Nacional do Escritor
Dia da Comunidade Alemã SP
Dia do Carreteiro
Dia do Colono
Dia Internacional da Mulher Afro-Latino-Americana e Afro-Caribenha e da Diáspora
Dia Mundial da Cultura e da Paz
Dia Mundial da Segurança dos Pacientes
Dia Nacional da Paz no Trânsito
Dia Nacional do Endoscopista do Aparelho Digestivo
Dia Fora do Tempo Calendário Maia

Fatos e eventos históricos
1953 - Criação do Ministério da Saúde brasileiro.
1978 - Nasce o primeiro bebé-proveta. Em 25 de julho de 1978, nasce na Inglaterra Louise Joy Brown, o primeiro "bebê de proveta". Fruto de dez anos de pesquisa dos doutores Steptoe e Edwards, a fertilização in vitro gerou um bebê de um embrião fertilizado fora do útero materno. Graças a essa técnica, nascem milhares de bebês sadios de mães inférteis.

Santos do dia
São Cristóvão.
Santiago Maior.